Shavuôt (Pentecostes)

31/05/2015 11:25

 

A “Festa das Semanas" (Chag HaShavuôt), conhecida também como Pentecostes, acontece no término da contagem de sete semanas que se inicia no segundo dia de Pêssach (Páscoa). Shavuôt é também chamado de “Chag HaBikurim” (Festa das Primícias)", ressaltando seu caráter agrícola. Os seguidores do Messias Yeshua celebravam Shavuôt (Atos 20:16) e algo importante aconteceu nesse dia: Atos 2:1-42.

 
No segundo dia de Pêssach costumava-se levar ao Templo uma oferta de um “ômer” (uma antiga medida agrícola) de cevada recém colhida, quando então começava a contagem dos 49 dias entre Pêssach e Shavuôt (Levítico 23:9-16), cumprindo-se assim o "Sefirat HáOmer", quando uma nova oferta deveria ser apresentada.

Em Pêssach comemora-se a libertação do povo Judeu do cativeiro no Egito. Shavuot está associada à entrega da Torá ao povo de Israel no Monte Sinai. O Êxodo marcou o nascimento dos Hebreus como um povo, enquanto que a revelação no Sinai forneceu a eles a ética e a capacitação que os sustentaria através dos tempos.

A base Bíblica para celebrarmos Shavuôt encontra-se na Torah (Pentateuco): “...e haverá para vós santa convocação, nenhuma obra servil fareis; estatuto perpétuo em todas as vossas habitações pelas vossas gerações” Levítico 23:21.