Purim (Sortes)

31/05/2015 12:16

 

Purim (plural de pur) é a festa que comemora a vitória dos israelitas contra o ódio de Hamã, primeiro-ministro do reiAchashverosh (Assuero) na época do antigo Império Persa, conforme descrito pela Bíblia no livro de Ester.

O nome "Purim" vem da palavra hebraica "pur", que significa "sortes" e recebe esta denominação com base em Ester 3:7. Este era o método usado na Pérsia para determinar as datas propícias para as comemorações. Neste caso, buscava-se encontrar a melhor data para o extermínio dos judeus em todo o território dominado pelo império.

Os judeus foram exilados anteriormente na Babilônia desde a destruição do Templo por parte de Nabucodonosor (Jeremias 52). A Babilônia, por sua vez, foi conquistada pelo império Medo/Pérsa no tempo do rei Dário (Daniel 5:30-31).
 
A festa de Purim é caracterizada pela leitura pública do Livro de Ester, pela troca de presentes, distribuição de comida e presentes aos pobres e uma refeição festiva onde, dentre outras coisas, é servido o tradicional “Oznei Hamã” (orelhas de Hamã), um doce típico de Purim; tudo isso feito em clima de muita alegria (Ester 9:22). Na celebração, durante os serviços, uma prece especial "Al ha-Nissim" (Pelos Milagres) é inserida na Amidá e no Birkt Hamazon (Bênção após as Refeições).

Purim é celebrado anualmente nos dias 14º e 15º do mês hebraicode Adar, (Ester 9:21) e o “Jejum de Ester” acontece na véspera (13 de Adar). Nos anos bissextos do calendário judaico, Purim é celebrado no mês de Adar II (Adar Sheni).
Semelhantemente a Chanuká, Purim tem mais um caráter nacional que religioso, e seu status como feriado tem um nível inferior àqueles ordenados pelas sagradas Escrituras (Torá). Assim, apesar de algumas comunidades imporem certas restrições, em geral o trabalho, quando muito necessário, é permitido nesses dias.